Infraero pode assumir administração do aeroporto de Divinópolis

Uma equipe multidisciplinar da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) esteve em Divinópolis nesta quarta-feira (31) para avaliar a estrutura e a possibilidade de assumir a administração do aeroporto da cidade. O objetivo, caso assuma, é incentivar o desenvolvimento regional. Atualmente, a administração do aeroporto é feita por uma empresa terceirizada.

A equipe analisou tanto a estrutura física do aeroporto quanto as necessidades sociais e condições políticas para que a transferência administrativa seja concretizada. “A gente veio com uma equipe multidisciplinar, da área ambiental, manutenção, operacional e comercial para avaliar todas as vocações e delimitações da estrutura do aeroporto para fazer as prospecções que a gente tem planejado”, destacou o gerente de controle e monitoramento da Infraero, Kleyton Mendes.

Para incentivar o desenvolvimento regional, existe uma tendência de que a Infraero assuma aeroportos pequenos e médios. Um relatório sobre o que foi avaliado vai ser feito e deve ser concluído em 30 dias.

Uma série de mudanças na estrutura será necessária para que as condições sejam aprovadas. O valor estimado para as obras é de R$ 60 milhões.

Aeroporto de Divinópolis pode ser administrado pela Infraero (Foto: Anna Lúcia Silva/G1)

Os custos para a Prefeitura de Divinópolis do pagamento da empresa terceirizada giram em torno de R$ 180 mil por mês. “A Prefeitura paga muito caro para a administração do aeroporto. Passando para a Infraero, ela vai saber explorar melhor aquilo que é de direito para a infraestrutura que Divinópolis e região merece”, ressaltou o secretário de desenvolvimento econômico de Divinópolis, José Alonso Dias.

Atual, o aeroporto de Divinópolis oferece três voos por semana para Campinas, interior de São Paulo. A expectativa da prefeitura é que caso a administração passe para a Infraero, novos voos sejam oferecidos para grandes centros, como Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

E essa possibilidade atinge diretamente o empresariado da região. “É uma notícia excelente que vai trazer diversos benefícios para a cidade e também para a região Centro-Oeste de Minas, principalmente para a área do desenvolvimento econômico, vai possibilitar a vinda de vários negócios”, finalizou Leonardo Gabriel, presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid).

Posts Em Destaque
Posts Recentes