Presidente faz mudanças na diretoria e André Figueiredo é desligado

André Figueiredo não é mais diretor da categoria de base do Atlético. A queda do dirigente foi uma das mudanças feitas pelo presidente Sérgio Sette Câmara na direção atleticana após a sua posse. O comunicado aconteceu na manhã desta quarta-feira.

O nome do substituto de André Figueiredo ainda não está confirmado. Mas o ex-jogador Marques é uma das possibilidades. Ele já recebeu um convite feito por Sérgio Sette Câmara para integrar a categoria de base atleticana em 2018.

André Figueiredo perdeu prestígio no Atlético ao longo do ano. Com Daniel Nepomuceno ele chegou a ser alçado ao cargo de diretor de futebol. Porém, os resultados ruins do time mineiro em campo o fizeram voltar para a categoria de base em agosto, dois meses após o anúncio da sua promoção.

André foi o responsável pela contratação de Rogério Micale como treinador do time principal atleticano, após a demissão de Roger Machado.

O diretor da base não é a única mudança feita por Sérgio Sette Câmara na sua nova diretoria. Na terça-feira, dois nomes que trabalharam com Daniel Nepomuceno também foram desligados do Atlético. Pedro Tavares, diretor de Planejamento e Marketing e João Gomide, Superintende Comercial não seguirão em 2018.

As mudanças na direção não param por ai. Outros diretores serão trocados por Sérgio Sette Câmara. O presidente já confirmou Alexandre Gallo como homem forte do futebol para a nova temporada. Além dele, Bebeto de Freitas, que deixa a Prefeitura de BH, assume como diretor executivo do clube.

Posts Em Destaque
Posts Recentes