Derrota do Botafogo melhora um pouco a difícil situação do Atlético na briga pela Libertadores

A derrota do Botafogo para o Palmeiras por 2 a 0 na noite desta segunda-feira, no Allianz Parque, no complemento da 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, melhorou um pouco a situação do Atlético – que continua dificílima – na briga por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem.

Desta forma, a equipe carioca embolou de vez a luta por duas vagas que ainda estão em aberto no G7. Com o revés fora de casa, o Botafogo caiu para o oitavo lugar, com 52 pontos, um à frente do Atlético, que está em décimo.

Tudo ficou para a última rodada, no próximo domingo, quando o Galo disputará com outros quatro times o sexto e o sétimo lugares do Brasileirão para entrar na fase preliminar da Libertadores.

Mesmo com a derrota do Botafogo, o Atlético ainda precisará de uma combinação de resultados na última rodada para entrar no G7. Além de vencer o Grêmio, no Independência, o time alvinegro terá que torcer para que três, dos quatro concorrentes, não ganhem.

Com o fim da 37ª rodada, o Atlético aparece com 51 pontos, dois atrás de Flamengo e Vasco, sexto e sétimo colocados, um a menos que o Botafogo e empatado com a Chapecoense, mas atrás dos catarinenses no número de vitórias.

Na última rodada, o Flamengo irá enfrentar o Vitória, em Salvador. O clube baiano luta contra o rebaixamento e precisará vencer para não depender de outros resultados para ficar na Série A. Já o Vasco pega a Ponte Preta, no Rio de Janeiro. Como a equipe de Campinas já caiu para a Segunda Divisão, a chance de triunfo do Cruz-Maltino é grande. Enquanto isso, no Engenhão, o Botafogo encara o Cruzeiro, que está tranquilo no Brasileiro. Por fim, a Chapecoense recebe o desesperado Coritiba, que briga contra o Z4, na Arena Condá.

Se Vasco e Botafogo, por exemplo, vencerem seus compromissos, o Atlético já não terá condições de entrar no G7, mesmo que bata o Grêmio. Assim, restará ao Galo torcer para que o Tricolor Gaúcho conquiste o título da Libertadores nesta quarta-feira diante do Lanús, na Argentina, para que o G7 se transforme em G8.

Com o oitavo colocado também se classificando para a Libertadores, a combinação de resultados para o Galo ficará mais provável. Assim, o time alvinegro precisaria vencer o Grêmio e torcer para que dois dos quatros concorrentes não ganhem na última rodada do Brasileirão.

Posts Em Destaque
Posts Recentes