Oswaldo condiciona permanência em 2018 à vaga na Libertadores

O Atlético terá seis jogos para tentar alcançar uma vaga na Copa Libertadores de 2018. Além da importância de se manter no torneio continental pelo sexto ano consecutivo, a conquista da vaga pode garantir a permanência de uns e a saída de outros.

Mesmo com contrato até dezembro de 2018, o técnico Oswaldo de Oliveira sabe que o desempenho nesta reta final, principalmente com a conquista da vaga na Liberta, serão fundamentais para a sequência do seu trabalho à frente do Galo.

“Tenho contrato até o fim do próximo ano. Pode ser decisivo para a minha continuidade. Não encaro como pressão (buscar a vaga na Libertadores). É uma motivação. Encontrei as coisas de uma maneira que eu estou tentando melhorar”, afirma o treinador.

A incerteza sobre o futuro de Oswaldo também envolve outras questões. A primeira é a mudança na presidência do clube. As eleições serão realizadas em dezembro. Provável vencedor, o candidato da situação Sérgio Sette Câmara já trabalha no planejamento para o ano que vem.

A segunda questão é a presença do técnico Cuca no mercado. Campeão da Libertadores com o Atlético em 2013, muitos atleticanos desejam o seu retorno. Algumas especulações deram como certo o seu retorno ao clube, mas nada ainda foi definido.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square