Com sete pendurados, Atlético fica alerta para não perder titulares para clássico no Mineirão

O Atlético entra em campo nesta quarta-feira contra a Chapecoense, no Independência, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, de olho na parte disciplinar. Tudo pensando em não perder jogadores para o clássico diante do Cruzeiro, domingo, no Mineirão.

São sete atletas pendurados com dois cartões amarelos e que correm o risco de ficarem de fora caso levem uma advertência no duelo contra a Chapecoense. Dois deles são titulares: o volante Adilson e o atacante Fred. Outro entra constantemente durante as partidas, sendo praticamente um 12º jogador: o meia Otero, que atuou os 90 minutos no empate com o Sport em substituição a Robinho, suspenso.

O quarto pendurado é Luan. Mas o atacante, que é considerado titular, não tem presença confirmada no jogo contra a Chape, pois está com edema na coxa e faz trabalhos de fisioterapia e fortalecimento muscular.

Os outros três jogadores são reservas: o lateral-direito Alex Silva, o zagueiro Matheus Mancini e o meia Marlone.

Apesar de ter que atuar com cautela para não fazer faltas duras, o Atlético terá que ir com tudo para cima da Chapecoense. A cinco pontos do G7, o time alvinegro precisa vencer para tentar se reaproximar da zona de classificação para a Copa Libertadores do ano que vem.

Posts Em Destaque
Posts Recentes