Cruzeiro será julgado por incidentes no segundo jogo da final da Copa do Brasil contra Flamengo

A euforia dos torcedores após a conquista do penta da Copa do Brasil pode custar caro para o Cruzeiro. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) informou que o clube será julgado pela Terceira Comissão Disciplinar na próxima quarta-feira (18), a partir das 14h30, por incidentes provocados pela torcida celeste no segundo jogo da final do torneio, disputado no dia 27 de setembro, no Mineirão.

Na súmula da partida, o árbitro Luiz Flávio de Oliveira relatou o arremesso de um objeto no campo que atingiu o médico do Flamengo, Márcio Tannure.

“Ao término das disputas desde o ponto penal, fui informado pelo quarto árbitro Miguel Cataneo Ribeiro da Costa, que um objeto não identificado vindo da torcida da equipe do Cruzeiro E.C. atingiu a cabeça do Sr. Márcio A. Tannure, médico da equipe do C.R.Flamengo, causando sangramento”, escreveu.

Ainda de acordo com a denúncia, torcedores do Cruzeiro arremessaram garrafas e pedras na direção da torcida do Flamengo e da tribuna de imprensa do Mineirão. Para fazer a acusação, o tribunal alega que se baseou em informações divulgadas na imprensa e por documentos.

Para a Procuradoria, o Cruzeiro cometeu infração ao artigo 213, inciso III, parágrafo 1º do CBJD ao “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo de jogo”. A pena é de multa entre R$ 100 e R$ 100 mil e, se considerada de elevada gravidade, o clube celeste poderá ainda ser punido com a perda de um a dez mandos de campo.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM