Em reencontro com o ‘General’, Atlético recebe o Santos com objetivo de entrar no G6

Após vacilar na rodada passada, ao perder várias chances e sofrer empate nos acréscimos, o Atlético tenta colocar a pontaria em dia para vencer o Santos, no duelo desta quarta-feira, às 19h30, no Independência, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Será o reencontro com Leandro Donizete, que ficou no Atlético por cinco anos (2012 a 2016) e marcou época ao ser campeão da Libertadores e da Copa do Brasil. No fim do ano passado, o volante deixou o clube para assinar com o Santos. O ‘General’ será titular na vaga de Renato, lesionado.

“É um amigo nosso, o Donizete passou três anos comigo aqui. Era um dos caras que eu mais tinha contato, intimidade, a gente sempre gostava de brincar. A gente sabe as características do Donizete, é um cara que até no treino chega forte, no jogo principalmente. É procurar entrar forte também, a amizade fica fora de campo, dentro é cada um protegendo o seu”, declarou o volante Rafael Carioca.

Além de Leandro Donizete, o Galo vai enfrentar novamente o técnico Levir Culpi, que comandou a equipe em 2015.

Na nona posição, com 17 pontos, o Atlético desperdiçou a chance de terminar a última rodada no G6 ao levar o gol de empate do Botafogo nos acréscimos, no Engenhão. Agora, o Galo tem um confronto direto com o Santos, quarto colocado com 20 pontos, para tentar voltar a vencer e figurar entre os seis primeiros pela primeira vez neste Brasileirão.

“É um jogo que precisamos vencer diante da nossa torcida contra um time muito ofensivo e contra um treinador que a gente conhece bem as características. Precisamos fazer uma partida inteligente para conseguir a vitória, que é o único resultado que nos interessa”, observou Carioca.

Para esta partida, o técnico Roger Machado terá o retorno do zagueiro Gabriel, que ficou fora do duelo com o Botafogo, no último domingo, ao ser vetado pelo departamento médico com fadiga muscular. Roger não mostrou qual será o time titular, mas o defensor deve retornar na vaga de Matheus Mancini formando dupla com Bremer.

Já Otero, que não jogou contra o Botafogo devido a uma entorse no tornozelo esquerdo, treinou normalmente nesta terça-feira, mas, segundo o clube, o venezuelano ainda não está 100% fisicamente e, por isso, não foi relacionado.

No Santos, Levir tem problemas para enfrentar o Atlético, pois não poderá contar com o lateral-direito Victor Ferraz (pancada no joelho esquerdo), o meia Lucas Lima e o atacante colombiano Jonathan Copete (suspensos) e o volante Renato (estiramento no músculo da perna direita).

Já o atacante Bruno Henrique, que desfalcou o time contra o São Paulo por causa de problemas no dedão do pé esquerdo após sofrer um pisão, está de volta.

O Peixe segue sem poder contar com o atacante Ricardo Oliveira e o lateral Zeca, que estão recuperados de lesões, mas ainda precisam readquirir o condicionamento físico, assim como os zagueiros Gustavo Henrique e Luiz Felipe. Além disso, Caju, trata uma lesão na panturrilha, Vitor Bueno, em recuperação de lesão no joelho direito, só voltará a jogar em 2018 e Nilmar ainda precisa melhorar o condicionamento físico.

Acompanhe, a partir das 19h05, a Jornada Esportiva da Itatiaia, com o 1º Time do Rádio. Narração de Mário Henrique, comentários de Cadu Doné e reportagens de Cláudio Rezende, Álvaro Damião e Thiago Reis.

Atlético x Santos

Atlético: Victor; Marcos Rocha, Bremer, Gabriel e Fábio Santos; Rafael Carioca, Yago, Elias e Cazares; Robinho e Fred. Técnico: Roger Machado

Santos: Vanderlei; Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Leandro Donizete, Thiago Maia e Vecchio; Thiago Ribeiro, Kayke e Bruno Henrique. Técnico: Levir Culpi

Motivo: 13ª rodada do Campeonato Brasileiro Data: 12 de julho de 2017, quarta-feira, às 19h30 Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ) Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Michael Correia (RJ) Adicionais: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ) e Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Posts Em Destaque
Posts Recentes