Otero comemora 1º gol olímpico da carreira e revela que não tinha intenção de bater direto

A noite desta quarta-feira vai ficar na memória do venezuelano Rómulo Otero. Em uma cobrança de escanteio aos 40 minutos da etapa inicial, o meia acertou um belo chute e marcou gol olímpico na vitória por 2 a 0 sobre o Paraná que classificou o Atlético para as quartas de final da Copa do Brasil.

Ao ser perguntado se já havia marcado um gol olímpico, o camisa 11 disse: “Nunca na vida”, revelou, aproveitando para comemorar a vaga na próxima fase do torneio. “Estou muito contente pelo gol e principalmente pela classificação. A entrega de todos os jogadores dentro do campo valeu para essa classificação”, disse.

Assista ao gol olímpico marcado por Otero na vitória por 2 a 0 sobre o Paraná

Honesto, Otero admitiu que não queria bater direto para o gol. De acordo com o armador, a intenção era cobrar fechado para achar alguém do Atlético na área que cabeceasse para as redes.

“Eu não treinei para fazer o gol, mas sim tentar bater fechado para encontrar o Felipe Santana ou Fred que são grandes cabeceadores. Bati fechado e, graças a Deus, foi na direção do gol”, contou.

Agora, o Atlético aguarda a definição do adversário nas quartas de final da Copa do Brasil. Na próxima segunda-feira, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fará sorteio dos confrontos e a ordem dos mandos de campo. Os jogos de ida estão marcados para os dias 28 de junho e 5 de julho, enquanto a volta para 26 de julho e 9 de agosto.

Posts Em Destaque
Posts Recentes