Depois de três anos, obras serão retomadas em rodovia que liga Minas a São Paulo

Depois de muita cobrança e atrasos de até três anos, serão retomadas as obras que estavam paradas em vários trechos da MG-050, que liga Belo Horizonte a São Paulo, cortando municípios como Mateus Leme, Itaúna, Divinópolis, Formiga, Piumhi, Capitólio, Passos, Itaú de Minas e São Sebastião do Paraíso.

A concessão, feita em 2007, está no sétimo aditivo de prazo e a empresa AB Nascentes das Gerais já foi multada várias vezes. As obras pararam, mas a cobrança do pedágio - são seis ao longo do trecho - continuou. Aguardando por passarelas e duplicações, o prefeito de Mateus Leme, Júlio Fares (PSD), coloca as mortes na rodovia na conta da concessionária.

“É uma vergonha o que a Nascente das Gerais faz no nosso município. Em fevereiro agora completou três anos de obras, obras que não se acabam, se arrastam, levando um grande transtorno, um grande perigo para a população. Já tivemos várias pessoas que faleceram por acidentes, por atropelamento, por falta de sinalização, falta de passarelas”, alegou.

Já o prefeito de Itaúna, Neider Moreira (PSD), defende uma alteração na lei de licitações, cobra fiscalização maior por parte do governo para o cumprimento do novo cronograma e explica que, além de não promover melhorias, a concessionária provocou prejuízos que não reparou. “O que nós esperamos é que esse cronograma apresentado agora, nesse termo aditivo assinado pelo governo do estado e a concessionária, tenha a mão mais firme do governo para que atrasos desta natureza não voltem a se repetir”, pediu o prefeito.

Joselito Castro, gerente-executivo da AB Nascentes das Gerais, representou a empresa na audiência pública da Assembleia. Ele ouviu cobranças das autoridades e apresentou o novo cronograma, que está disponível na página da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) na internet.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM