Grêmio é condenado e diz já ter o dinheiro para pagar dívida com o goleiro Victor

Enquanto luta judicialmente para receber do Atlético uma quantia que supera os R$ 12 milhões, o Grêmio foi condenado em última instância, pela 2ª Vara da Justiça do Trabalho de Porto Alegre, a pagar uma dívida trabalhista de R$ 3.590.000,00 com o goleiro Victor, que defendeu o clube tricolor de 2008 a 2012.

O Grêmio tem até o dia 9 de maio para quitar o débito. O clube diz já ter o dinheiro em caixa para fazer o pagamento. “O valor já está represado na conta do Grêmio para repassar ao Victor. Pagaremos nos próximos dias. Não tem nada a ver com a dívida que o Atlético tem com o Grêmio. É uma ação trabalhista do Victor com o Grêmio no tempo em que ele esteve aqui”, informou o diretor jurídico do Grêmio, Nestor Hein. O goleiro, de 34 anos, requereu na Justiça valores referentes a direitos de arena. Não cabe mais recurso. Victor chegou ao Grêmio em 2008, após indicação do técnico Vágner Mancini, que havia trabalhado com o arqueiro no Paulista, clube no qual foi campeão da Copa do Brasil de 2005. No Tricolor, Victor foi campeão gaúcho de 2010. Victor foi vendido ao Atlético em junho de 2012. Na época, o Alvinegro desembolsaria 3 milhões de euros (cerca de R$ 7,6 milhões) e ainda repassou ao Grêmio 50% dos direitos econômicos do zagueiro Werley. O Galo não chegou a fazer todos os pagamentos. Hoje, essa dívida já aumentou significativamente. Por sua vez, o Atlético também reclama na Justiça que o Grêmio emprestou ao Santos o defensor Werley, que tinha parte dos direitos ligados ao Galo, e não foi ressarcido.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM