Números comprovam: Carioca e Diogo Barbosa são os destaques dos rivais

Os números e comparativos se tornaram importantes dentro do futebol mundial. O rendimento dos times e de jogadores são analisados com base em aproveitamento em estatísticas decisivas. Neste sentido o SuperFCinicia o duelo de comparações entre peças importantes de Atlético e Cruzeiro, que se enfrentarão na final do Campeonato Mineiro, neste domingo.

Os primeiros comparativos acontecerão com dois nomes importantes para o bom rendimento das equipes e equilíbrio entre o setor defensivo e ofensivo. Rafael Carioca do lado do Galo e Diogo Barbosa, do lado da Raposa, mostram sua importância nos números.

Contratado pelo Cruzeiro no começo da temporada, Diogo Barbosa se tornou o dono da lateral esquerda e tem tido rendimento invejável para muitos. Os números levantados pelo Footstats e levantados pelo SuperFC são importantes e reforçam a sua qualidade.

Diogo Barbosa está entre os quatro atletas que mais dão assistência para gols da Raposa no Campeonato Mineiro, dois passes. O jogador reforça sua importância na lateral com os cruzamentos, ele é o terceiro que mais manda bola para a área, 26 vezes em média por jogo e o mesmo posicionamento em acertos, 19% de sucesso.

Seu ponto forte sem dúvida alguma é na marcação. Barbosa é quem mais rouba bola, 26 vezes e também quem mais acerta passes, com uma média de quase 50 passes no alvo por jogo. E para encerrar, Diogo é o segundo que mais mantém a posse de bola da Raposa, quase 18 minutos no Campeonato Mineiro.

Atlético

No Galo, o volante Rafael Carioca convive com altos e baixos, principalmente com crítica e desconfiança por parte da torcida atleticana. Porém, os números mostram que o jogador dá uma importante consistência para o meio de campo atleticano.

O volante é o segundo jogador do elenco que mais rouba bolas no Campeonato Mineiro, com 30 desarmes por jogo. A sua frente apenas o lateral-direito Marcos Rocha. Além disso, é quem mais acerta passes com quase 60 acertos.

A necessidade de ser o homem do desarme no meio de campo e muitas vezes sobrecarregado pelo esquema de Roger Machado transforma Carioca no jogador que mais comete falta por jogo, 20, além de ser o "rei" dos amarelos, com quatro advertências.

Como volante e responsável por iniciar as jogadas ofensivas do time, Rafael Carioca é o terceiro jogador que mais fica com a bola em seus pés, com pouco mais de 19 minutos ao longo do Campeonato Mineiro.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 Alternativa FM